O que é anticoncepcional subdérmico?

Para você que tem problemas de lembrar da hora correta de tomar anticoncepcional, odeia ter que contar os dias da pausa e não vê problemas em investir um pouco mais para prevenir a gravidez, uma alternativa no mercado dos tipos de anticoncepcionais pode ser o melhor: o anticoncepcional subdérmico. Com duração de 3 anos, o medicamento promete ser uma revolução no controle de natalidade se cair no modismo.

O que é anticoncepcional subdérmico? 

O anticoncepcional subdérmico é um tipo de contraceptivo aplicado sob a pele. Embaixo de algumas camadas do braço ou da perna, a paciente irá receber uma pequena pílula que irá liberando os hormônios responsáveis por enviar ao cérebro a mensagem de que já houve uma gravidez, então o óvulo não é liberado. Com isso, a mulher pode ter relações com segurança e sem preservativo que não irá engravidar.

O implante do anticoncepcional subdérmico é realizado em consultório médico com uma agulha especial. O produto fica em uma camada suficiente para se ver o implante na pele, mas não dói e nem incomoda. Pouca gente conhece o produto, mas ele não é novidade e já é indicado pelos médicos há mais de três anos em clínicas e consultórios de ginecologia e obstetrícia. Em formato de pequeno bastão, não é algo que incomode visualmente. Geralmente é colocado na parte de baixo do braço, no antebraço.

Composição do anticoncepcional subdérmico

O anticoncepcional subdérmico é composto basicamente de estrogênio e progestagênio, dois hormônios comuns em contraceptivos brasileiros. A ação após a aplicação do implante é de em média 13 dias, mas pode começar um pouco depois. Um médico deve acompanhar o paciente para saber se realmente o medicamento está fazendo efeito.

Efeitos colaterais do anticoncepcional subdérmicoanticoncepcional subdérmico

O medicamento dura em média três anos e age no corpo como qualquer outro contraceptivo de uso oral ou em adesivo. Não haverá fluxo menstrual de pausa porque o produto é de uso interruptivo, mas podem acontecer escapes como surgem em qualquer outro tipo de anticoncepcional. Os médicos costumam indicar este tipo de medicamento para quem sofre de TPMs graves e cólicas menstruais, com um quadro de sucesso de altos números.

A remoção acontece semelhante à retirada, com anestesia local e remoção do implante. Não há dor antes ou depois de colocar o item. O valor é de em média R$ 400.



Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!


Café Verde para emagrecimento RÁPIDO! - Clique aqui e veja o video!
Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook

Um comentário

  1. Leticia says:

    Olá, gostaria de uma indicação de clínica em sp que realize esse tipo de “operação”. Estou muito interessada nos subdérmicos desde sempre. Tenho ovário policístico leve. É leve. Então não me importo muito em ficar tratando algo que não me traz quase problema nenhum; até porque, sempre esqueço de tomar a pílula. Prefiro o implante. Muito grata desde já, aguardo ansiosamente a resposta.

Deixe um comentário