Quais os anticoncepcionais mais usados?

O uso de anticoncepcionais é bem relativo. O anticoncepcional que faz muito bem a uma mulher, pode não fazer tão bem assim para outra. Isso porque cada corpo se comporta de uma forma com a ingestão de hormônios, e por isso alguns efeitos colaterais são vividos por algumas usuárias de forma intensa (enjoos e dor de cabeça são os mais comuns), quanto outras nada sentem. 

Mas no universo de tantos medicamentos para evitar a gravidez, alguns anticoncepcionais se tornaram populares e bem recomendados entre médicos e amigas também. Conheça os mais populares no Brasil a seguir.

anticoncepcionais mais usados

Ciclo 21 

O anticoncepcional Ciclo 21 é bem popular no Brasil por seu baixo custo. A cartela com 21 comprimidos custa em média R$ 3 e é doada pelo governo em postos de saúde de todo o Brasil. O medicamento tem como base os hormônios levonorgestrel e etinilestradiol, comuns e considerados seguros para ingestão. Deve haver uma pausa de 7 dias entre as cartelas, opcional.

Microvlar

Também está na lista dos populares com baixo custo, o anticoncepcional microvlar custa em média R$ 7 por cartela. Tem como princípios ativos os hormônios levonorgestrel e etinilestradiol, com uma dosagem considerada alta para algumas mulheres. O maior problema dele é a retenção de líquidos, causando o aumento de peso em boa parte das mulheres. Mas é um dos mais populares e muita gente até perde peso com ele.

Diane 35

Com custo mais elevado, o anticoncepcional Diane 35 custa em média R$ 20, este medicamento ganhou fama entre as mulheres por ser um anticoncepcional que ajuda a combater a acne e não produz excesso de pelos, comum entre os concorrentes. É vendido com 21 comprimidos e pede um intervalo normal de sete dias, mas sem restrições para o uso contínuo. Tem como princípios ativos o etinilestradiol e o acetato de ciproterona. 

Cerazette

O anticoncepcional Cerazette é o mais popular no pós parto por ser considerado mais fraco e um dos mais caros, em média R$ 40. Tem com princípio apenas um hormônio, o progestágeno, considerado de baixa dosagem. Por isso, no esquecimento de um dia apenas, pode haver escape (bem comum). É amplamente indicado pelos médicos para as fumantes, que correm um maior risco de ter tromboembolia. Vem com 28 comprimidos na cartela e não é para fazer pausas. Também é indicado no pós parto para quem está tentando regular o ciclo e já deixou de amamentar.

Tamisa

O anticoncepcional Tamisa 20 e Tamisa 30 tem como composição o estrógeno em dosagem baixa, por isso é comum ter escapes com este medicamento também. Mas por ser de dosagem baixa os riscos de retenção de líquido e aumento de peso são bem menores, e muitas pessoas comentam como a pele ficou melhor com seu uso. Vem em cartelinhas com 21 comprimidos e pede uma pausa de sete dias. Seu valor médio no mercado é de R$ 30.

Selene

O anticoncepcional Selene tem como princípios ativos o etinilestradiol e o acetato de ciproterona e custo médio de R$ 20. Suas vantagens são as mesmas do Diane 35: pele mais bonita, crescimento controlado dos pelos e muitas mulheres ainda sentem menos inchaço pela baixa retenção de líquido que ele proporciona.

Yaz

O anticoncepcional Yaz tem como hormônio o estrógeno na sua fórmula, mas baixa dosagem, por isso os ganhos de peso são bem menores. Cada cartela vem com 24 comprimidos para serem tomados seguidamente, pedindouma pausa de quatro dias apenas, voltando no quinto dia. Costuma gerar escapes de pouco mais de um dia, sem prejuízos mais. Custo médio nas farmácias brasileiras de R$ 20.

Elani Ciclo

O anticoncepcional Elani Ciclo está na lista dos mais conhecidos porque tem como o princípio ativo o progestágeno bem parecido com o produzido pelo corpo, por isso costuma causar poucas reações e sem ganho de peso. Ajuda também a diminuir o crescimento dos pelos e melhora o tônus da pele. Custa em média R$ 30.

Conhece algum outro anticoncepcional que faz sucesso entre suas amigas? comente e deixe seu relato..



Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!


Café Verde para emagrecimento RÁPIDO! - Clique aqui e veja o video!
Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook

147 Comentários

  1. Ranniele says:

    Vou tomar o selene…

  2. Leidiane Pires says:

    Boa tarde .. tomo o ciclo 21 ha 10 anos e estou com Minha pele muito Machado posso sibistuir por o celene?

  3. Agatha says:

    Olá tomo o nactali desde que mnha filha nasceu ela tá com 1 ano já posso trocar de ant concepcional

  4. Flávia says:

    Olá , queria saber se existe algum anti concepcional que não interfere na vida sexual. Tomo Allestra 20 e ele dificultou bastante . Outra pergunta é se existe possibilidade de engravidar durante a troca .

    • Lisana Pontes says:

      Durante a troca há risco de gravidez. Os efeitos colaterais da medicação dependem da reação do organismo a pílula, por tanto não tem como prever.

  5. Eliane says:

    Estava tomando o genérico do Yasmin mas está um pouco caro quero sibstitui-lo pelo lyllas, será q tem algum problema?

  6. Mari says:

    Boa tarde Lisana, então… eu tomava o belara e mudei para o diane 35. Mas, vendo mais a fundo o diane é exclusivamente para tratamento de acne. Mas, queria apenas usa-lo como metodo anticonceptivo,apenas. Sera que tem algum risco ou algo do tipo? Posso continuar tomando sem problemas? Ou seria melhor eu mudar?

  7. Sandra Prioli says:

    Olá.

    Tomo o Gestinol 28 há 2 anos e tenho muita dor de cabeça sem outros problemas aparentes. Gostaria de saber por qual devo substituí-lo (uso continuo).

  8. maria Kelly says:

    Oi boa noite tenho 25 ano nunca tomei anticonpcional vou comeca a tomar da agora gostaria de saber o melhor indicado pra mim que nãoengorda

  9. Jéssica says:

    Oi Lisiane, é o que estou fazendo agora (há uma semana) tomo meio dia e meia noite. Estou tomando o Belara , mas estou tendo escape praticamente o mês todo. Estava com medo de isso fazer mal. Não há problema então? Ai no caso, tomaria duas cartelas no mês, ao invés de uma, isso?
    Sempre tomei bem certinho, no mesmo horário todos os dias…

    • Lisana Pontes says:

      Teoricamente não tem problema. Exatamente, serão duas cartelas, mas isso deverá ser feito direto, e sim até os escapes pararem ou vc poder ir a ginecologista trocar sua medicação.

  10. Jéssica says:

    Oi, tenho muito escape.. Com orientação médica ja troquei de anticoncepcional varias vezes, até perdi as contas (merciloconti, gestinol, belara foram os ultimos). Ja fiz exames varias vezes e nunca deu nada. Existe algum anticoncepcional mais recomendado para evitar escapes?

Deixe um comentário