A pilula do dia seguinte é considerada abortiva?

Um dos medicamentos para prevenir a gravidez mais comuns no mercado é a pílula do dia seguinte. Ela foi feita para evitar a gravidez indesejada, mais especificamente em situações em que a relação sexual não foi consentida, o caso do aborto. Contudo, ela pode ser usada nos dias em que não houve prevenção ou você não anda tomando o anticoncepcional regularmente, evitando assim uma possível gravidez. Mesmo sabendo que ela serve para evitar a gravidez, muitos usam para abortar. Será mesmo que a pílula do dia seguinte é abortiva?

pilula do dia seguintePrimeiramente, saiba: a pílula do dia seguinte  não é abortiva. Ela serve para impedir a fecundação do óvulo caso a mulher esteja em seu período fértil durante a relação. Ela ajuda a eliminar o embrião nos primeiros momentos de sua fecundação, por isso quanto mais cedo tomar após a relação melhor. A dica é tomar imediatamente após a relação sexual sempre. Se for ingerida nas primeiras três horas após o ato sexual, aumenta em mais de 65% as chances de evitar a gravidez.

Os médicos alertam: tomar já grávida não vai te fazer abortar, e pode causar sérios danos. A bomba hormonal presente na pílula pode causar outros problemas a seus corpo, como sangramentos, dores e pode ser sim que aconteça um aborto, mas também a deformação da criança. Haverá dores constantes e muitos problemas de saúde de longo prazo e com seu ciclo menstrual se a ingestão for feita acima dos três meses de gravidez.

Como tomar a pílula do dia seguinte

O óvulo dura apenas 4 horas no corpo feminino, mas o esperma pode sobreviver até três dias, por isso a pílula pode fazer efeito até três dias após a relação sexual. Quanto antes você tomar o medicamento após a relação melhor para aumentar as chances de prevenir a gravidez. Também é indicado tomar apenas a dosagem do medicamento comprada, um por vez. Mais que uma não vai adiantar e ainda causa distúrbios hormonais sérios.



Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!


Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook

2 Comentários

  1. andreia says:

    De quanto em quanto tempo pode tomar a pílula do dia seguinte?

    • Lisana Pontes says:

      A pílula do dia seguinte é um contraceptivo de emergência, portanto deve ser utilizada somente em último caso. Ela perde a eficácia, aumentando o risco de gravidez. Além disso, graças a sua alta dose de componentes hormonais, ela pode causar reações adversas como náuseas, alteração do ciclo menstrual, dor de cabeça e diarreia.

Deixe um comentário